Lua Nova

Não sei ser metade de nada.
Sou inteira. 
Sinto inteira. 
Crio inteira. 
Vivo inteira. 
Amo inteira. 
Sofro inteira. 
Não consigo ser diferente do que sou, não sei fingir ser quem não sou.

Carta à uma desconhecida.

Ame a si mesma, reconheça seu valor e potencial, almeje ser uma mulher madura e sábia que retém o mais importante à grandes mulheres: um coração temente a Deus, grato e sincero.

nAMorAR.

escolhem um dia para homenagear, mas todos os dias são dias de amor, de querer, de namorar, de ser.